! O Corneta | Bardella humilha funcionário

Bardella humilha funcionário

Faz uns 2 meses, um companheiro cansado porque a Bardella não pagava salário e tudo, e não queria demitir, foi lá e entrou com uma rescisão indireta e comunicou a empresa que ia continuar trabalhando até sair a audiência e a decisão.

Faz uma semana, chamaram ele pra ir na sala da gerência. Tava lá os gerentes, Fraude e Osgolpe, e a chefe do DP, que é uma advogada que deve ter comprado o certificado dela pela internet. E tentaram dar justa causa nele, pediram pra ele assinar.

Aí ele: “como assim justa causa?”.
“É porque você usou documento confidencial no seu processo”. Ele usou relatórios de obras que ele assinou e colocou no processo dele, pra comprovar que ele viajou pela empresa. A empresa pegou isso daí e falou que isso era documento confidencial.

Aí vem a cereja do bolo: queriam que ele assinasse um documento retroativo àquela data. Um documento falando que esse tipo de informação era confidencial. Só se ele fosse muito besta, pra assinar tanto a demissão por justa causa quando um documento retroativo. Eles tentaram fraudar um processo. Agora cabe a ele um processo por danos morais e outro por tentativa de fraude processual. Ele ficou até bem nervoso no dia, porque por mais que ele saiba que a alegação da empresa não se sustenta, é uma falta de consideração.

Uma pessoa com 37 anos de empresa que nunca teve nem uma falta, aí você chega lá e dá um cartão vermelho direto pra pessoa… Proibiram ele de ficar dentro da empresa, mandaram até uma pessoa acompanhar ele até a portaria, como se fosse um bandido.

Cornetada da edição impressa, 88, de O Corneta (agosto-setembro 2018).

04.09.2018

Categorias: Cornetadas
Tags: , ,

Compartilhe