! O Corneta | Cornetadas da Cinpal - junho 2018

Cornetadas da Cinpal – junho 2018

Meter uma greve!

Aqui na Cinpal tem um grupo de pessoas que domina a empresa com o aval do S. Vitor. Instalaram uma milícia aqui dentro e ganham dinheiro de diversas formas: tem o esquema da comida, esquema de seguros do RH, esquema do papelão, esquema da sucata, etc. Eles sim dominam aqui, ganham valores absurdos. Eles roubam a própria empresa e a Cinpal finge não ver. Aqui não querem que a gente pense, pensar e dar opinião pior ainda! Essa empresa é o reflexo do que a gente passa no país. A Cinpal é o reflexo em proporções menores, onde poucos ganham muito (no esquema) e muitos ganham pouco. Só vai mudar quando a água bater na bunda desse pessoal que é maioria e meter uma greve – mas não pode ser pouco não, tem que ser uma greve fudida! Quando a água bate na bunda a gente aprende a nadar.

Organizar a luta

Na reunião que aconteceu lá no sindicato a peãozada negou a proposta da empresa e o sindicato se comprometeu a fazer uma reunião por mês com a gente e estar mais presente na empresa mas até agora não informaram nada. Como é possível não ter nenhuma novidade todo esse tempo? Dia 27/05 tem nova reunião e espero que vá mais gente desta vez pra gente cobrar resposta e organizar a luta.

Não acovardar

A Cinpal é uma empresa que não dá nem vale transporte para o funcionário completar sua viagem para casa, não cumprindo com a lei. Agora o sindicato vem com essa de PLR. Na minha opinião isto está sendo armado para mandar mais gente embora como já fizeram antes. Eles adiantam toda a produção, pagam extra e tal e depois mandam embora. Cabe aos funcionários não acovardar e lutarem! O sindicato a gente já sabe de que lado está.

Câmera no banheiro

Agora na Cinpal não pode nem ir ao banheiro mais! Nem 30 minutos depois que você entra na empresa e nem 30 minutos antes de ir embora. Se isso ocorre, o trabalhador leva advertência. Pra você ter noção, um chefe chegou a falar pra gente que se alguém usar o banheiro meia hora antes e a câmera pegar, ele vai dar advertência e perseguir até a pessoa pedir as contas. Esse é o tipo de coisa que os chefes fazem aqui.

PLR é esmola

Aqui na Cinpal nada muda. PLR é esmola, o plano de cargos e salários é mais urgente.

O duro de tudo é uma maioria ganhando o piso e achar tudo normal, além de outra parcela de puxa-sacos. Alguma coisa precisa ser feita! Não dá pra ficar esperando milagre acontecer. As mudanças das regras com a reforma trabalhista mudaram muita coisa. Sindicatos e patrões deitaram na mesma cama há muito tempo. Agora cada um tá querendo ver seu lado. Quem perde é o trabalhador.

09.06.2018

Categorias: Cornetadas
Tags: , , ,

Compartilhe