! O Corneta | Editorial: CENTRAIS FACILITAM PARA BOLSONARO

Editorial: CENTRAIS FACILITAM PARA BOLSONARO

As centrais sindicais prometeram um dia histórico, mas – sobretudo CUT, Força e UGT – boicotaram a paralisação unificada de 14 de junho contra a reforma da previdência. Ser a favor da reforma é ser a favor de que os trabalhadores trabalhem até mais tarde e de que no médio prazo nossos salários sejam ainda mais rebaixados. O resto é politicagem.

PT também quer a reforma

Os governadores do PT e do PC do B se juntaram a outros do MDB, PSDB e fizeram um verdadeiro acordão com a representante de Bolsonaro no congresso e com Rodrigo Maia. Estão todos abraçados para aprovar a reforma! A posição do PT nesse tema é um teatro, eles só pensam em voltar ao poder sem ter que se queimar com essa medida impopular. Quem votou em Bolsonaro pra tirar o PT não só pode como deve apoiar a luta contra a reforma. Ser contra a reforma da previdência é ser contra os interesses dos patrões defendidos tanto por Bolsonaro quanto por Lula.

Centrais fingem lutar

Justamente porque o PT não é contra a reforma de verdade e está mais interessado em desgastar o governo pra fazer propaganda de Lula, a CUT faz da luta um faz de conta. As principais centrais boicotaram ao máximo que puderam qualquer ação no dia 14. Fizeram muita propaganda, mas de ação o que fizeram foi mandar os trabalhadores ficarem em casa.

Greve de pijama

A peãozada da Mercedes, Volks, Scania, etc, foi orientada pelo sindicato a ficar em casa. No ABC, a CUT comemorou paralisações em montadoras que na verdade são greves de pijama em que o peão ainda vai ter seu salário descontado. Em boa parte das fábricas, porém, sequer isso (leia também: O ABC que não parou).

Nas bases da Força Sindical só teve falação, corpo mole, ou simplesmente ausência. Em muitos locais, os sindicatos além de não terem interesse de lutar contra a reforma estão desmoralizados por sequer conseguirem defender os trabalhadores em questões vitais do cotidiano (leia também: mais relatos sobre a desmobilização no dia 14).

Como criar desse jeito condições de melhorar a organização nas fábricas? Assim as centrais só facilitam a vida de Bolsonaro, do PT e dos empresários que querem esfolar o nosso couro!

Fora Moro, Lula na prisão!

Não temos que escolher entre o ladrão e o juiz trambiqueiro. Com o vazamento de mensagens, Moro claramente está mostrando que não é de confiança. Mas pedir a queda de Moro não pode servir para fazermos coro pela liberdade de Lula! A derrubada do ministro pode ajudar a fragilizar o governo e barrar a reforma da previdência, mas pra isso não podemos cair no conto do vigário do PT!