! O Corneta | Olho aberto na campanha salarial!

Olho aberto na campanha salarial!

Daqui a poucos meses começará a campanha salarial. O Corneta trará nesta e nas próximas edições algumas reflexões e alertas. A primeira questão é o possível uso da inflação baixa para aprovar outras medidas que os trabalhadores não querem. O índice oficial de inflação está baixo porque a economia está parada. Numa situação assim, é possível que conquistemos os índices de reajuste (2%, por exemplo). O índice é tão baixo que é possível que consigamos até um pouco mais. É o que o sindicato chama de “ganho real”. Mas alertamos para a possibilidade, que já começa a surgir em algumas fábricas, de os sindicatos pelegos quererem usar o oba-oba do ganho real para aprovar junto outras coisas que somos contra. Por exemplo, o imposto sindical.

Não ao imposto sindical!

Quem aqui quer ser forçado a pagar imposto para sindicato? Se fosse bom, imposto não teria esse nome. O trabalhador não deve ser forçado a contribuir. Precisamos de sindicato sim, mas não de um sindicato que nos obrigue. Queremos nos filiar e pagar por consciência, por opção, para construir um instrumento que consideramos realmente nosso. Então precisamos saber separar: campanha salarial é uma coisa, imposto sindical é outra. Se o sindicato quiser negociar salário, é bem vindo. Mas se quer enfiar o imposto escondido na defesa do salário, não é bem vindo.

Reajuste mensal dos salários!

Apesar da inflação baixa, o salário continua faltando ao final do mês. E nas prateleiras as coisas parecem subir mais do que na inflação oficial. Isso acontece porque a inflação dos produtos básicos do trabalhador é sempre maior do que a inflação oficial. Esta contabiliza um monte de coisa que a maioria não consome (e por isso essa inflação é baixa).

Em primeiro lugar, portanto, devemos nos basear no índice dos produtos básicos de consumo do peão. Em segundo lugar, devemos lutar para que os salários sejam reajustados todo mês. Quanto não perdemos todo o ano com a demora em reajuste? Por que deixamos acumular? Se deixamos acumular, depois fica mais difícil reaver. E ficamos defasados durante o ano todo. Tá na hora de estancar a sangria do salário!