! O Corneta | Quase outra morte na Cinpal!

Quase outra morte na Cinpal!

Não dá pra aceitar, Corneta vai protocolar denúncia no sindicato

No dia 14 de julho, um operário da Cinpal sobreviveu a uma tentativa de suicídio. Em sua carta ele dizia claramente: “CINPAL, OBRIGADO POR ACABAR COM MAIS UMA VIDA!” Felizmente, o jovem sobreviveu, mas a impunidade segue reinando.

A peãozada de outras fábricas deve se lembrar: no fim de janeiro deste ano, um trabalhador da Cinpal se suicidou dentro da própria fábrica. Era um jardineiro que sofria com depressão e teve seu pedido de afastamento negado, mesmo com atestado médico externo. Na época, levamos panfleto [aqui] na fábrica e também publicizamos o caso no jornal impresso [aqui]. A empresa não fez nada, e o sindicato não chamou assembleia.

Os operários denunciaram com revolta ao Corneta: as máquinas não pararam um minuto sequer; na edição de julho também reportamos mais um caso de morte da Cinpal, de um operário que passou mal no serviço e morreu no hospital!

Máquina de moer gente – A pressão e o assédio estão levando ao adoecimento e à morte dos operários. “Aqui na Cinpal você só vale se está trabalhando, se não está trabalhando você não vale nada!”, acusa um dos operários, vítima de assédio.

Os casos não são isolados e requerem atenção de todos os trabalhadores. O Corneta vai protocolar essa denúncia dos operários da Cinpal no sindicato. É urgente que os representantes dos trabalhadores realizam assembléias. O peão não aguenta mais ter sua vida colocada por um fio!

Leia também Suicídios: julgamento na França

01.08.2019

Categorias: Chão de Fábrica
Tags: , , , ,

Compartilhe