! O Corneta | Quem somos

O CORNETA: A VOZ DA PEÃOZADA

O Corneta nasceu em 1985 como boletim interno de uma fábrica metalúrgica da zona oeste de São Paulo, a Colúmbia. Nasceu na luta pela construção de uma comissão de fábrica, nasceu na luta que desembocou em julho daquele ano em uma greve com ocupação por cerca de um mês. Em 1986 o boletim passou a sair como jornal e muitos companheiros de diversas fábricas de São Paulo passaram a escrever no nosso jornal – o jornal da companheirada da fábrica – que chegou a 15.000 exemplares. Muitos históricos lutadores fizeram parte de O Corneta nos anos 80, como Florestan Fernandes e Maurício Tragtenberg.

O jornal sempre defendeu a luta e organização da classe trabalhadora por melhores condições de vida. Esse começo e princípios são mantidos até hoje. De lá pra cá enfrentamos processos, dificuldades financeiras e muitas vezes fechamos e voltamos a circular. De lá pra cá se passaram 34 anos e vamos adiante!

O Corneta é construído por trabalhadores e militantes da organização Transição Socialista.